Envelhecimento ativo: independência e qualidade de vida para os idosos | TVPAULISTA.com Televisão para dispositivos móveis

Especialista destaca saúde física, mental e integração social como pilares para esta nova etapa   No envelhecimento, apenas 35% dos fatores são genéticos. Os outros 65% são as escolhas que cada um faz na vida para chegar ao máximo do seu potencial biol...

idoso, velhice, abandono, suicidio, asilo, saúde, doenças, violência, agressão, velho, velha

Envelhecimento ativo: independência e qualidade de vida para os idosos

Publicado por: Editor
25/07/2018 06:22 PM
Courtesy Pixabay
Courtesy Pixabay

Especialista destaca saúde física, mental e integração social como pilares para esta nova etapa

 

No envelhecimento, apenas 35% dos fatores são genéticos. Os outros 65% são as escolhas que cada um faz na vida para chegar ao máximo do seu potencial biológico. Aliados à grande difusão da informação, ao avanço da medicina e às novas tecnologias, tanto na profilaxia como no tratamento de muitas doenças, a expectativa de vida tem aumentado cada vez mais.  E o conceito de “envelhecimento ativo” faz parte desta nova realidade.

 

- O envelhecimento ativo é um envelhecimento com autonomia, com independência e com capacidade funcional.  O idoso que mantem sua autonomia é aquele que detém controle sobre a sua vida e a habilidade de tomar decisões pessoais sobre como se deve viver. A capacidade funcional é a capacidade de manter habilidades físicas e mentais necessárias para manter uma vida independente. Quando o idoso está ativo, independente e com capacidade funcional ele tem mais saúde e vive muito mais – explica Dr. André Baião, geriatra e Coordenador Médico das Unidades de Internação dos Hospitais Caxias D´Or e Niterói D’Or.

 

Para envelhecer com saúde e qualidade de vida, outros pontos também são importantes. Ter propósitos e objetivos de vida ajudam a parte psicológica. Sem isso, as pessoas tendem a sentir sensação de vazio, o que acaba por dificultar que consigam também ter perspectivas.

 

- Todos devemos ter um propósito. Quando não há, o idoso pode entrar em um estado de depressão. Estas circunstâncias podem ainda interferir na diminuição da alimentação, das defesas imunológicas, deixando-o vulnerável a doenças. Sabe-se que ter um propósito de vida proporciona mais energia e disposição para continuar vivendo – destaca o especialista.

 

As amizades e os relacionamentos sociais também são grandes aliados do envelhecimento saudável. Segundo pesquisas, o ciclo social evita e impede o isolamento e a depressão, fatores responsáveis por diversas doenças.

 

- Mesmo que o idoso não tenha um companheiro, é necessário ter relações com familiares, vizinhos, porteiros e amigos de clubes e grupos. Relacionamentos estáveis são fatores preditores de saúde, segundo estudos publicados em Harvard em 2002. O envelhecimento saudável é uma resultante da interação entre saúde física, mental e integração social e de um suporte familiar. A família e os amigos dão esse suporte, contribuindo para um envelhecimento saudável e feliz – finaliza o Dr. André Baião.

 

>>> CUIDADOS PARA PROLONGAR A VIDA COM SAÚDE

 

1-      O idoso deve se movimentar – Quanto mais parado o idoso ficar elevam as chances de osteoporose, do aumento de peso e dos riscos cardiovasculares. Assim, a atividade física é fundamental porque aumenta a produção de endorfina (hormônio do bem-estar), melhora níveis de gordura no sangue, reduz risco de quedas, melhora a qualidade do osso e mantém um ciclo social. A atividade física ainda diminui o risco de depressão e melhora a auto estima;

 

2-      Dieta saudável – Um bom exemplo é a dieta do mediterrâneo composta de peixes, cereais, pães integrais, frutas, fibras, azeite. É uma dieta seguida por muitas populações longevas de algumas regiões de Portugal, por exemplo;

 

3-      Não fumar – O fumo aumenta o risco cardiovascular de infarto e acidente vascular encefálico (derrame), aumenta o risco de câncer, leva a uma menopausa precoce e acelera o envelhecimento;

 

4-      Não abusar do álcool – A bebida alcoólica pode interferir no funcionamento da memória, pode causar falhas na coordenação motora e levar a doenças incapacitantes como cirrose, pancreatite e aumento de hipertensão;

 

5-      Não ganhar peso excessivo – O ganho de peso progressivo leva a uma perda de massa magra e aumento de gordura levando a um relaxamento abdominal, cifose e alteração da elasticidade da pele;

 

6-      Manter relacionamentos estáveis – Importante ter um parceiro, um companheiro e boas amizades;

 

7-      Ter Jogo de cintura – Saber lidar bem com situações adversas da vida.

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

REVENDA MODA INFANTIL

Vídeos relacionados