Transporte Rodoviário de Cargas é essencial no combate ao Coronavírus | TVPAULISTA.com Televisão via Internet

Governos consideram o setor como indispensável ao enfrentamento da doença e transportadoras continuarão a trabalharem durante a quarentena   Foram publicados pelo Governo Federal e pela prefeitura da Cidade de São Paulo dois decretos que classificam o ...

transportes, trem, ônibus, coletivos, concorrência, licitação, seleção, aviação, aeroportos, voos

Transporte Rodoviário de Cargas é essencial no combate ao Coronavírus

Publicado por: Editor
25/03/2020 04:09 PM
Courtesy Pixabay
Courtesy Pixabay

Governos consideram o setor como indispensável ao enfrentamento da doença e transportadoras continuarão a trabalharem durante a quarentena

 

Foram publicados pelo Governo Federal e pela prefeitura da Cidade de São Paulo dois decretos que classificam o transporte rodoviário de cargas como essencial, e por isso o setor seguirá com as suas atividades durante o período de quarentena.

 

Pelas normas, fica definido como serviços públicos e atividades essenciais aqueles indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da sociedade e que, se não atendidos, colocam em perigo a sobrevivência, a saúde ou a segurança da população.

 

Com isso, as recomendações e determinações de fechamento de empresas, assim como a suspensão dos serviços prestados, não se aplicam às transportadoras.

 

O TRC é responsável pelo transporte de aproximadamente 60% de tudo o que é produzido no Brasil e é peça fundamental para garantir o abastecimento, principalmente dos produtos mais cruciais.

 

“Neste momento, o transporte rodoviário de cargas é extremamente necessário para assegurar o abastecimento da população, principalmente dos produtos essenciais como medicamentos, materiais hospitalares, alimentos, produtos de higiene e limpeza”, afirma Tayguara Helou presidente do Conselho Superior e de Administração do SETCESP, que no momento também integra o Comitê de Abastecimento do Estado de São Paulo.

 

O Ministério da Infraestrutura informou na última segunda-feira que chegou a um acordo com governadores para que, em meio à crise provocada pela pandemia do novo Coronavírus, seja assegurada a livre circulação de mercadorias entre os estados.

 

‘Nós entendemos o quanto é importante que o transporte continue a atuando, levando o que necessário a toda a sociedade. As transportadoras não irão parar, ao menos que falte demanda. Caso contrário estaremos juntos com os estados, municípios e o país contra o COVID-19. Torcemos pelo sucesso ao combate brasileiro nesse momento de enfrentamento’, relatou Tayguara Helou.

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

REVENDA MODA INFANTIL