Projeto de lei vai regulamentar a atuação dos profissionais que executam procedimentos estéticos

Publicado por: Editor
04/12/2021 03:03 PM
Divulgação
Divulgação

O cirurgião plástico e presidente da Associação Brasileira dos Profissionais de Saúde, Dr. Thiago Marra, encabeça movimento, que visa a criação de um projeto de lei para regulamentar a atuação de todos os profissionais de saúde que executam procedimentos estéticos.

 

A ação favorece biomédicos, enfermeiros, farmacêuticos, dentistas e fisioterapeutas atuantes nesse nicho de mercado.

 

A reunião contou com a presença da equipe de Relações Governamentais e com a Secretaria Executiva da frente parlamentar de Investimentos e Cooperação Internacional, Drª Priscila Menin, com o intuito de buscar a democratização e equiparação internacional dos profissionais de saúde.

 

A luta contra a reserva de mercado foi desencadeada pelo cenário e demanda atual. Com quase dois milhões de intervenções estéticas realizadas anualmente, o Brasil é o país que mais realiza cirurgias plásticas no mundo, passando os Estados Unidos, segundo dados da ISAPS (Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética), correspondendo a quase 13% das cirurgias mundiais, segundo a SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), que registrou também um aumento de 50% no início de 2021.

 

Para o cirurgião plástico e presidente da ABRAPROS, Dr. Thiago Marra, a alta demanda abre espaço para a mão de obra de muitos profissionais, como é o caso dos graduados em odontologia. “Os procedimentos estéticos feitos com cirurgiões dentistas, que tem na grade curricular mais disciplinas de cabeça e pescoço, do que no curso de medicina, chegam a ter até 80% menos risco de complicações durante e pós cirurgia, além desses mesmos profissionais apresentarem fila de espera reduzida”, enfatiza o cirurgião plástico.

 

De fato, a afirmação do Dr. Marra tem fundamento. O Brasil possui as melhores universidades de odontologia do mundo. No levantamento de avaliação, a Universidade de São Paulo (USP) lidera o ranking mundial, o curso de odontologia da Universidade Estadual Paulista (UNESP) aparece em quarto lugar e o da UNICAMP (Universidade de Campinas) em quinto.

 

“Isso significa que temos 3 dos 5 melhores cursos de odontologia do mundo e temos capacidade de formar profissionais aptos em todos os níveis”, comenta o Dr. Marra, ao mencionar que, muitas vezes, os procedimentos estéticos não são feitos adequadamente, principalmente diante da alta demanda e falta de profissionais competentes.

 

Para isso, o cirurgião plástico e professor, Thiago Marra, que também é membro da Associação Brasileira de Médicos Pós-graduados (ABRAMEPO), defende a ideia de criação junto ao MEC, uma pós-graduação lato sensu em rinoplastia para dentistas. Enquanto isso não ocorre, ele mesmo arregaçou as mangas do jaleco e será o primeiro médico do Brasil a se posicionar contra a reserva de mercado e defender todo profissional de saúde habilitado para realizar procedimentos estéticos.

 

 

Serviço:
Lives
Dia: todas às segundas-feiras
Horário: 20h
Link: https://www.instagram.com/drmarra/

 

Sobre APRAPROS: Associação civil sem fins lucrativos, que oferece suporte e auxílio jurídico a todos profissionais de saúde que lutam contra a reserva de mercado.

Cirurgião Plástico Dr. Thiago Marra: Membro da Associação Brasileira de Médicos Pós-Graduados - ABRAMEPO, e membro titular do Colégio Brasileiro de Cirurgia Plástica.

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Comentários