Os EUA e aliados derrubarão os preços do petróleo.

Publicado por: Editor
01/04/2022 06:47 PM
Biden anunciou a maior liberação de petróleo de reservas estratégicas da história dos EUA (Foto: Evelyn Hockstein/Reuters)
Biden anunciou a maior liberação de petróleo de reservas estratégicas da história dos EUA (Foto: Evelyn Hockstein/Reuters)

Mais de 30 países concordaram em enviar volumes adicionais de petróleo ao mercado mundial para reduzir os preços dos combustíveis. Estamos falando de dezenas de milhões de barris.

 

O anúncio foi feito em 1º de abril pelo presidente dos EUA, Joe Biden,  o serviço de imprensa dos relatórios da Casa Branca .

 

A guerra da Rússia contra a Ucrânia - os principais eventos de 1º de abril

 

“Coordenei esse movimento com aliados e parceiros em todo o mundo. Esta manhã, mais de 30 países ao redor do mundo se reuniram para uma reunião extraordinária e concordaram em liberar dezenas de milhões de barris de petróleo adicionais para o mercado”, disse ele.

 

Biden não especificou de quais países estava falando, mas disse que " os países estão se unindo para impossibilitar que Putin use seus recursos energéticos como arma não apenas contra famílias americanas, mas famílias na Europa e em todo o mundo".

 

Conforme noticiado, às vésperas de Biden anunciou a decisão de enviar ao mercado uma média de 1 milhão de barris de petróleo por dia da reserva estratégica dos EUA nos próximos seis meses. "Ninguém sabe quanto os preços vão cair", disse ele ao mesmo tempo.


Biden chamou a atual liberação de combustível da reserva estratégica dos EUA a maior da história americana. O presidente acrescentou que seu governo está trabalhando com produtores de petróleo dos EUA para aumentar a produção.

 

Por NV.ua

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Comentários