Governo de SP abre estação para abrigar moradores de rua

Publicado por: Editor
18/05/2022 11:12 AM
Exibições: 99
Secom Gov SP
Secom Gov SP

Ação "Noites Solidárias" realizará a distribuição de cobertores, colchões, cestas básicas e kits de higiene pessoal em cinco pontos na cidade de São Paulo

 

O Governo do Estado, por meio das secretarias de Desenvolvimento Social e Transportes Metropolitanos, com o apoio da Defesa Civil estadual e do Fundo Social de São Paulo, inicia nesta terça-feira (17) o acolhimento a pessoas em situação de rua na estação Pedro II do metrô.

 

Com capacidade para abrigar 100 pessoas nas dependências da estação Pedro II do metrô, também será fornecido no local o jantar às pessoas por meio de uma unidade do Bom Prato Móvel. Pela manhã, os abrigados serão encaminhados à unidade 25 de março do Bom Prato para o café da manhã.

 

O acolhimento está previsto para ocorrer, inicialmente, até sexta-feira (20), entre 19h e 8h do dia seguinte. Nesta terça, excepcionalmente, terá início às 18h.

 

Além disso, nesta terça-feira, serão distribuídos 400 cobertores em cinco pontos de abrigos para pessoas em situação de rua localizados no centro da cidade. No decorrer da semana, outros 500 cobertores e 2 mil sacos de dormir doados pelo Fundo Social de São Paulo serão enviados para a prefeitura de São Paulo no atendimento previsto em dez tendas espalhadas por toda a capital.

 

A Defesa Civil também concentrará os esforços na distribuição de 500 colchões, 354 cestas básicas, cerca de mil litros de água sanitária e 200 kits de higiene pessoal em quatro centros de acolhimento da cidade: Missão Belém - Vida Nova; SEFRAS - Associação Franciscana de Solidariedade; Pastoral do Povo da Rua e Missão Belém - Casa Guadalupe.

 

Inverno Solidário

A Campanha Inverno Solidário iniciou no último dia 10 e é coordenada pelo Fundo Social de São Paulo. O objetivo é arrecadar cobertores novos e será realizada até 21 de setembro. As doações poderão ser entregues para o Fundo Social de São Paulo e na capital paulista em pontos de coleta instalados nas estações de trens e metrô, terminais de ônibus da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) e unidades do Poupatempo.

 

Nos outros municípios paulistas, a entrega e a distribuição são coordenadas pelos fundos municipais. As doações serão destinadas a pessoas em situação de rua e entidades sociais, hospitais e centros de acolhimento.

 

Além da arrecadar cobertores novos, a campanha vai promover ações de combate a doenças comuns do inverno nas unidades das Praças da Cidadania, mantidas pelo Fundo Social em locais com alta vulnerabilidade. A Secretaria da Saúde fará ações de prevenção e vacinação contra a gripe.

 

Apoio empresarial

A iniciativa conta com o apoio da Klabin, que doou 8 mil caixas que serão distribuídas pelos estabelecimentos parceiros para doações de cobertores. A empresa é parceira da campanha há mais de 20 anos.

 

Responsável pelo desenvolvimento e manutenção do site oficial, a Prodesp - empresa de Tecnologia do Governo de São Paulo - também oferece um canal que indica os pontos de coleta mais próximos para doações. Ao informar o CEP, o site oferece a relação de unidades que estão recolhendo cobertores na região.

 

A Prodesp também é responsável pelo Poupatempo. Novamente, todos os postos do programa receberão cobertores para distribuição a entidades assistenciais ligadas ao Fundo Social de São Paulo e dos municípios.

 

Mais informações: www invernosolidario.sp.gov.br  

 

 

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Comentários