Governo chinês monitora, investiga e repatria à força cidadãos de origem chinesa

Publicado por: Editor
30/09/2022 13:04:03
Exibições: 59
Cortesia Editorial Pixabay/iStock
Cortesia Editorial Pixabay/iStock

Há três “esquadras chinesas informais” em Portugal, que estão a “monitorizar, investigar e repatriar à força” cidadãos de origem chinesa.

 

A denúncia foi feita pelo líder da Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim de Figueiredo, no Parlamento Português.

 

Foi durante o debate na Assembleia da República com a presença do Primeiro Ministro António Costa que Figueiredo denunciou a situação, notando que a China instalou “dezenas de esquadras informais de polícia” em vários países ao redor do mundo, incluindo Portugal, “para monitorizar, investigar e repatriar sob coação cidadãos de origem chinesa residentes nesses países”.

 

“Três dessas esquadras informais estarão instaladas em Portugal, nas regiões de Lisboa, do Porto e da Madeira“, segundo o líder da IL que apontou que “conduzem atividades ilícitas sem o conhecimento das autoridades portuguesas”.

 

Estas “esquadras” estarão alinhadas com o Departamento da Frente Unida do Partido Comunista Chinês que “é responsável pela propaganda favorável aos interesses da China comunista por todo o mundo”, frisou ainda Cotrim de Figueiredo no Parlamento.

 

São “alegações gravíssimas do ponto de vista dos direitos humanos e cívicos de pessoas residentes em Portugal que, sob ameaça, a si próprias ou às suas famílias ainda na China, são repatriadas à força“, realçou também o deputado da IL.

 

Perante estas denúncias, António Costa garantiu não ter “nenhum conhecimento” da situação, sublinhando que “seguramente os serviços também não têm”, caso contrário, já o teriam informado.

 

Assim, o primeiro-ministro recomendou a Cotrim de Figueiredo para partilhar as informações que tem em sua posse com a Procuradoria-Geral da República.

 

A SIC Notícias apurou, entretanto, que a alegada “esquadra chinesa” no Porto fica numa zona industrial em Vila do Conde que é “tradicionalmente ocupada por comércio chinês”.

 

Editado por Mike N.

Com informações do Planeta ZAP

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Comentários