Reinaugurado restaurante Bom Prato Santana

Publicado por: Editor
26/12/2022 15:17:21
Exibições: 70
Divulgação
Divulgação

A partir de hoje (26), a unidade oferece 400 cafés da manhã, 1,6 mil almoços e 300 jantares de segunda a sábado a preços populares

 

A Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo amplia na cidade a oferta de refeições seguras, com qualidade e saudáveis a partir da reinauguração da unidade do Programa Bom Prato em Santana. Os secretários de Governo, Marcos Penido, e da SEDS, Célia Leão, participaram da reabertura do restaurante popular na zona norte da capital.

 

Entregue nesta segunda-feira (26), o restaurante vai oferecer 2,3 mil refeições por dia de segunda a sábado. O montante está distribuído entre 400 cafés da manhã (R$ 0,50), 1,6 mil almoços e 300 jantares (R$ 1 cada). Com isso, os moradores e trabalhadores no comércio de Santana poderão usufruir de alimentos saudáveis, a preço acessível.

 

O equipamento foi totalmente custeado pelo Governo do Estado. Por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social foram investidos R$ 2,7 milhões, sendo R$ 1,5 milhão em obras de adequação do prédio, e R$ 1,2 milhão para compra de utensílios e de maquinários.

 

Representando o governador Rodrigo Garcia, o secretário de Governo Marcos Penido, disse que o Bom Prato é o Pronto- Socorro da fome. “Nosso governo tem uma preocupação em atender as pessoas mais vulneráveis, por isso, instalamos essa unidade para prestar um bom atendimento à população da região”, falou.

 

O Bom Prato Santana está localizado na Rua Alfredo Guedes, 92, próximo das estações do Metrô Santana e Carandiru, entre a Avenida Cruzeiro do Sul e a Rua Voluntários da Pátria. O gerenciamento da unidade ficará a cargo da Associação Comunitária e Educacional Maria de Nazaré. No almoço de reabertura, foram servidos lombo fatiado ao molho de limão, farofa natalina, salada, acompanhados com o tradicional arroz com feijão, e de sobremesa: ameixa.

 

Instalar o Bom Prato de Santana em uma região que concentra um grande bolsão de pobreza foi uma das preocupações da pasta de Desenvolvimento Social, como ressaltou a secretária Célia Leão. Nas imediações vivem pessoas em situação de rua ao longo da Av. Cruzeiro do Sul, no local também transitam aqueles que vão visitar seus familiares que estão na Penitenciária Feminina Sant”Ana, além da população que é atendida no Centro de Acolhida (CTA) na Av. Zaki Narchi.

 

“Este novo prédio do Bom Prato de Santana vai atender um número maior de pessoas vulneráveis do que a instalação anterior, além dos moradores e trabalhadores aqui do entorno. Este é o papel social da nossa pasta. Criar programas e ações para aqueles que mais precisam de políticas públicas”, afirmou.

 

Balanço de unidades entregues pela atual gestão

O Bom Prato registra a marca de 100 unidades, sendo 73 fixas e 27 móveis. A atual gestão entregou 17 novas unidades. Os restaurantes fixos estão distribuídos da seguinte forma: 24 na Capital, 21 no Interior, 19 na Região Metropolitana de São Paulo, e 9 no Litoral.

 

Desde 2019, início deste governo, até o final desta gestão, foram entregues 19 restaurantes Bom Prato, sendo que, 17 são unidades novas e duas reinaugurações: Cidade Dutra (26/10/2021) e Santana, nesta segunda-feira.

 

As 17 unidades inauguradas nesta gestão são: São Bernardo do Campo I e II, Cubatão, Itapevi, Presidente Prudente, Embu das Artes, Cotia, Francisco Morato, Praia Grande, Jacareí, Sumaré, Mogi das Cruzes II (Jundiapeba), Santo André II (Vila Luzita), M’Boi Mirim, Diadema e Ribeirão Preto (HC) e Parelheiros.

 

A Zona Norte tem ao todo, seis unidades do Bom Prato: a que foi reinaugurada hoje em Santana (Rua Alfredo Guedes, 92) na Brasilândia (Rua Parapuã, 1.473); no Limão (Av. Professor Celestino Bourroul, 799); em Perus (Rua Antonio Maia, 652), no Tucuruvi (Av. Nova Cantareira, 2.009) e na Vila Nova Cachoeirinha (Av. Deputado Cantídio Sampaio, 140).

 

Sobre o Programa Bom Prato

Considerado o maior programa de segurança alimentar do país, e também da América Latina, o Bom Prato está prestes a completar 22 anos de funcionamento. Criado em 28 de dezembro de 2000, o Bom Prato tem como objetivo oferecer refeições saudáveis e de alta qualidade a custo acessível à população de baixa renda ou em situação de vulnerabilidade. Todas as unidades servem uma média de 130 mil refeições por dia.

 

Ao longo desse período, foram servidos cerca de 206,5 bilhões de toneladas de alimentos e o Governo do Estado investiu mais de R$ 1,1 bilhão no custeio das refeições, na adequação dos imóveis e na compra dos equipamentos.

 

Os endereços de todas as unidades do Bom Prato estão disponíveis no site: https://www.desenvolvimentosocial.sp.gov.br/ 

Imagens de notícias

Categorias:
Tags:

Compartilhar

Comentários