Para entrar na fase final da guerra, a Ucrânia precisa destruir 5.000 russos por dia

Publicado por: Feed News
12/02/2023 18:37:56
Exibições: 138
Para entrar na fase final da guerra, é preciso destruir 5 mil russos por dia / foto t.me/V_Zelenskiy_officialDivulgação/Redes Sociais
Para entrar na fase final da guerra, é preciso destruir 5 mil russos por dia / foto t.me/V_Zelenskiy_officialDivulgação/Redes Sociais

A Russia reagrupou muitos militares e para que as Forças Armadas da Ucrânia possam iniciar uma fase final da guerra, precisam destruir o mais rápido possível ao menos  5.000 russos por dia.

 

Tais declarações foram feitas pelo assessor do chefe do Gabinete do Presidente da Ucrânia, Mykhailo Podolyak, no ar da maratona nacional. Ele afirmou: "De fato, a Rússia acumulou muita mão de obra, que, infelizmente, precisamos destruir o mais rápido possível. Ou seja, não precisamos fazer 1.000 "funerais" para a Rússia por dia, mas 2.500, 3.000 ou melhor, 5.000. Somente isso pode começar a finalizar esta guerra. Apenas aniquilação, aniquilação, aniquilação."

 

Então Podolyak disse quais armas as Forças Armadas da Ucrânia precisam para aumentar as perdas inimigas. Estamos falando de tanques, aeronaves e mísseis de longo alcance.

 

"Essas são as três ferramentas de que precisamos com urgência neste estágio. Também precisamos de projéteis de calibre 155 mm, precisamos de mísseis para defesa aérea. E eles também falarão sobre isso em Ramstein", acrescentou Podolyak.

 

Guerra na Ucrânia: informações atualizadas

De acordo com o Estado-Maior, desde a invasão em grande escala da Rússia, os defensores ucranianos liquidaram 137.780 militares . Nos últimos dias, revela-se o aumento diário das estatísticas, o que indica a intensificação das hostilidades.

 

Segundo analistas da Oryx, durante os três dias da ofensiva perto de Ugledar, Bakhmut e Avdiivka, os russos perderam pelo menos 103 equipamentos . Os especialistas fizeram o cálculo apenas em materiais de domínio público.

 

Nas direções mencionadas, batalhas ativas estão sendo travadas agora. Nas últimas duas semanas, a Rússia sofreu o maior número de baixas desde o início de uma guerra em grande escala, de acordo com a inteligência britânica.

 

Segundo o Estado-Maior, o inimigo agora está reforçando as tropas nas direções de Bakhmut e Liman . Ao mesmo tempo, o inimigo não para de atacar as posições dos defensores ucranianos com a ajuda de sua aeronave.

 

Com informações da Unian.net

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Comentários