Mísseis balísticos norte-coreanos podem atingir os EUA em 33 minutos

Publicado por: Editor Feed News
18/03/2023 21:42:23
Exibições: 99
ACN
ACN

Os mísseis balísticos intercontinentais norte-coreanos podem atingir o centro dos Estados Unidos (EUA) em apenas 33 minutos, revelou um novo estudo chinês.

 

Uma simulação realizada pelo Instituto de Engenharia de Sistemas Eletrónicos de Pequim mostrou que um dos mísseis poderia atingir o continente norte-americano em 1.997 segundos, se não fosse intercetado pela defesa antimíssil dos EUA, relatou o South China Morning Post.

 

O estudo simulou o disparo de um míssil Hwasongpho-15 da cidade central norte-coreana de Sunchon, em direção a Columbia, Missouri. O Hwasongpho-15 é um míssil com duas fases, provavelmente de capacidade nuclear, com um alcance operacional de até 12.000 quilómetros.

 

Isso é o “suficiente para atingir toda a pátria norte-americana”, disse ao South China Morning Post o líder do estudo, Tang Yuyan.

 

O estudo revelou igualmente que o sistema de defesa antimísseis dos EUA seria alertado cerca de 20 segundos após o disparo, e que os primeiros mísseis intercetores seriam lançados cerca de 11 minutos depois.

 

A análise revelou ainda que, embora a rede de defesa antimísseis dos EUA seja robusta, existem lacunas no seu sistema de localização de mísseis por satélite.

 

O relatório, divulgado em meados de fevereiro, adiantou-se a uma série de testes de mísseis realizados pela Coreia do Norte. Na segunda-feira, dois mísseis de cruzeiro foram disparados de um submarino ao largo da costa oriental do país, de acordo com a Al-Jazeera.

 

Um teste com míssil balístico intercontinental também ocorreu por volta das 07:00 de quinta-feira, informou a BBC. O míssil percorreu cerca de 1.000 quilómetros e caiu em águas a oeste do Japão.

 

Rodong Sinmun informou que era um Hwasongpho-17, um míssil maior e mais avançado do que o Hwasongpho-15 utilizado na simulação dos cientistas de Pequim.

 

Com informações da Agência LUSO/ZAP //

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Comentários