Os EUA preveem uma ameaça nuclear e iniciaram um projeto de "aviões do Juízo Final"

Publicado por: Feed News
04/12/2023 22:04:10
Exibições: 115
Aeronaves KC-46 Pegasus e E-4B Nightwatch reabastecem no ar foto: USAF
Aeronaves KC-46 Pegasus e E-4B Nightwatch reabastecem no ar foto: USAF

Boeing foi carta fora do baralho da Força Aérea dos EUA por "aviões do Juízo Final"

 

Os Estados Unidos da América planejam criar uma frota de "aviões do Juízo Final". Trata-se da modernização do E-4B Nightwatch, cuja vida útil termina em 2030, escreve a Reuters com referência a fontes.

 

Os EUA planeiam modernizar a sua frota de "aviões do Juízo Final", que foram actualizados pela última vez no início da década de 1970. Ao mesmo tempo, a empresa Boeing foi excluída da competição de desenvolvimento.

 

Uma nova frota aérea é necessária em caso de guerra nuclear. As características técnicas da aeronave permitirão que ela permaneça no céu por uma semana, levando em consideração o reabastecimento no ar. Segundo a agência, a empresa Boeing, atualmente fabricante do E-4B, não conseguiu chegar a um acordo com a Força Aérea dos EUA quanto aos direitos relativos aos termos da modernização.

 

O artigo afirma que a nova frota destas aeronaves será um dos elementos-chave da estratégia de segurança nacional dos EUA.

 

O contrato pode ir para a Sierra Nevada Corp. A Força Aérea dos EUA planeja celebrar um contrato para a construção de novos “aviões do Juízo Final” em 2024. Contudo, o Pentágono não comenta se recebeu ofertas de outras empresas.

 

Está planejado gastar US$ 889 milhões no desenvolvimento de aeronaves no ano fiscal de 2024. Outros US$ 8,3 bilhões serão alocados ao programa até 2028.

 

A Força Aérea dos EUA opera atualmente quatro aeronaves E-4B construídas na década de 1970, que estão envelhecendo gradualmente e serão aposentadas no início da década de 2030.

 

Com informações GLAVCOM

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Comentários