Epidemia de câncer atinge jovens adultos em Portugal

Publicado por: Editor Feed News
01/04/2024 20:06:01
Exibições: 79
Paciente aproveitando o tempo livre após o tratamento quimioterápico/Cortesia Editorial Freepik
Paciente aproveitando o tempo livre após o tratamento quimioterápico/Cortesia Editorial Freepik

O Caso de Kate Middleton revela uma realidade global alarmante

 

O mundo ficou chocado com o anúncio da Princesa de Gales, Kate Middleton, revelando sua batalha contra o câncer aos 42 anos. No entanto, esse não é um caso isolado. A notícia despertou um alerta para uma questão preocupante que assola não apenas a realeza, mas também jovens adultos em todo o mundo: o aumento alarmante de casos de câncer entre essa faixa etária.

 

Portugal, em especial, enfrenta uma situação alarmante com o que está sendo chamado de "epidemia de câncer" entre os jovens adultos. Um relatório do Registo Oncológico Nacional revelou que, em 2020, o país registrou quase 53 mil novos casos de câncer, uma cifra preocupante que indica uma tendência crescente.

 

Os impactos devastadores da pandemia de COVID-19 têm contribuído para esse cenário sombrio. Atrasos em exames de rastreamento, diagnósticos e tratamentos de câncer resultaram em um aumento das taxas de morbidade e mortalidade relacionadas à doença. Especialistas alertam que esses atrasos podem ter consequências graves nos próximos anos.

 

Um estudo recente do Business Insider destacou uma tendência preocupante: cada vez mais casos de câncer estão sendo diagnosticados em pessoas com menos de 50 anos, muitas vezes em estágios avançados e mais agressivos. Essa tendência é observada em países desenvolvidos, como EUA e Reino Unido, onde as taxas de câncer entre os jovens adultos aumentaram significativamente nas últimas décadas.

 

O estudo identificou 14 tipos de câncer mais comuns, sendo que 8 deles estão relacionados ao sistema digestivo. Fatores como mudanças na alimentação, estilo de vida, obesidade e fatores ambientais são apontados como possíveis causas desse aumento alarmante.

 

Para combater essa "epidemia", os especialistas enfatizam a importância do diagnóstico precoce, alertando para a importância do histórico familiar, comunicação eficaz com os médicos e realização regular de exames de rastreamento. Identificar o câncer precocemente pode salvar vidas e facilitar o tratamento.

 

O alerta é claro: a batalha contra o câncer não é exclusiva da realeza, mas uma luta que todos devem enfrentar, especialmente os jovens adultos.

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Vídeos relacionados

Comentários