Kate Middleton Inicia Quimioterapia: Médicos Alertam para Efeitos Colaterais

Publicado por: Editor Feed News
04/04/2024 08:50:29
Exibições: 150
Médicos israelenses contaram quais poderiam ser as consequências da quimioterapia preventiva para a princesa foto de fontes abertas
Médicos israelenses contaram quais poderiam ser as consequências da quimioterapia preventiva para a princesa foto de fontes abertas

Profissionais de Saúde Discutem Desafios e Cuidados na Terapia da Princesa Contra Tumor Maligno

 

No dia 22 de março, a princesa Kate Middleton, de 42 anos, revelou estar enfrentando um tumor maligno e iniciou um tratamento preventivo de quimioterapia. Especialistas israelenses, incluindo a Professora Irit Ben Aharon, líder do Centro de Câncer Fishman no Hospital Rambam, e o Dr. Gali Perl, responsável pelo Hospital Dia Oncológico no Oncocentro Davidoff no Hospital Beilinson, abordaram os desafios e efeitos colaterais associados ao tratamento  escreve Vesta 

 

"A quimioterapia adjuvante é uma parte essencial do tratamento, reduzindo significativamente o risco de recorrência do tumor, mesmo após a cirurgia", explicou Ben Aharon. No entanto, ela alertou que o tratamento pode comprometer o sistema imunológico, tornando o paciente mais suscetível a infecções. Além disso, podem ocorrer náuseas e vômitos, embora existam abordagens eficazes para lidar com esses sintomas.

 

Perl destacou que os efeitos colaterais variam de acordo com o tipo de quimioterapia e os medicamentos utilizados. Por exemplo, enquanto alguns pacientes podem experimentar desconforto gastrointestinal, como prisão de ventre ou diarreia, a perda de cabelo é menos comum em tratamentos para tumores gastrointestinais em comparação com o câncer de mama.

 

Ambos os especialistas ressaltaram a importância dos cuidados de suporte avançados disponíveis atualmente, que ajudam a mitigar os efeitos colaterais. No entanto, Ben Aharon enfatizou que a reação ao tratamento é altamente individualizada e depende da condição específica do paciente.

 

Desde sua internação em 16 de janeiro para uma cirurgia abdominal, inicialmente considerada bem-sucedida, Middleton passou por uma reviravolta inesperada após exames pós-operatórios revelarem a presença de câncer. Embora os detalhes específicos do tumor não tenham sido divulgados pela princesa, sua decisão de compartilhar sua jornada destaca a importância da conscientização sobre o câncer e do apoio aos pacientes durante o tratamento.

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Vídeos relacionados

Comentários