Tatuagens Podem Aumentar o Risco de Linfoma em 20%, Revela Estudo

Publicado por: Feed News
07/06/2024 14:01:30
Exibições: 97
Cortesia Editorial Freepik
Cortesia Editorial Freepik

Tatuagens Podem Aumentar o Risco de Linfoma em 20%, Revela Estudo


Alerta: Produtos Químicos nas Tintas de Tatuagem Podem Provocar Resposta Imunológica e Aumentar o Risco de Câncer

 

As tatuagens são frequentemente usadas para expressar identidade ou marcar momentos significativos da vida. No entanto, um novo estudo da Universidade de Lund, na Suécia, sugere que os produtos químicos nas tintas de tatuagem podem aumentar o risco de desenvolver linfoma, um tipo de câncer do sistema linfático.

 

Durante anos, o principal efeito secundário associado às tatuagens era o arrependimento. No entanto, os cientistas agora descobriram que as tintas podem desencadear uma resposta imunológica que faz com que as partículas de tinta se acumulem nos gânglios linfáticos. Isso pode levar a uma inflamação crônica de baixo grau, potencialmente aumentando o risco de câncer.

 

Estudo Sueco Revela Ligação Entre Tatuagens e Linfoma
O estudo, publicado na revista eClinicalMedicine, analisou dados de 5591 suecos diagnosticados com linfoma entre 2007 e 2017, comparando-os com indivíduos de mesma idade e gênero, mas sem a doença. A Suécia, onde mais de 20% da população tem tatuagens, serviu como cenário ideal para esta pesquisa.

 

Os participantes responderam a um inquérito sobre seu estilo de vida e histórico de tatuagens. Os resultados mostraram que aqueles com tatuagens tinham um risco 21% maior de desenvolver linfoma, mesmo após ajustar para fatores como tabagismo e nível de educação.

 

"A Necessidade de Entender as Implicações para a Saúde das Tatuagens é Urgente"
Christel Nielsen, a primeira autora do estudo, explica: "Ainda não sabemos exatamente por que isso acontece. Apenas observamos que uma tatuagem, independentemente do tamanho, desencadeia uma inflamação de baixo grau no corpo, que pode levar ao câncer." num artigo no The Conversation.

 

Os cientistas enfatizam a necessidade de maior conscientização sobre os possíveis riscos das tatuagens. Eles alertam que qualquer pessoa com tatuagens deve estar atenta a sintomas incomuns e procurar assistência médica se necessário.

 

Próximos Passos: Investigações Futuras
A equipe de pesquisadores planeja continuar investigando se existe uma ligação entre tatuagens e outros tipos de câncer. "As tatuagens são uma forma importante de expressão pessoal, e é crucial garantir que sejam seguras," diz Nielsen. "As pessoas devem estar cientes dos potenciais riscos à saúde e consultar um médico se notarem sintomas suspeitos."

 

Conclusão
Este estudo destaca a necessidade de mais pesquisas sobre os efeitos das tatuagens na saúde. Enquanto isso, indivíduos tatuados devem ficar vigilantes quanto a possíveis sinais de problemas de saúde e discutir qualquer preocupação com seus médicos. A conscientização e a precaução são fundamentais para garantir que a prática de tatuar continue sendo uma forma segura de autoexpressão.

Compartilhar

Comentários